Os cuidados com a limpeza nas lojas

27/07/2016

Pare um instante para avaliar: qual seria sua reação ao entrar em um estabelecimento que comercializa alimentos e se deparar com sujeira de forma bem evidente? Muito provavelmente você sairia sem consumir nada ou levaria apenas o mais necessário.

A limpeza precisa ser vista como uma obrigação básica de todos os estabelecimentos comerciais, com ênfase nos alimentícios. É uma questão que pode colocar em cheque a credibilidade do local.

Hoje em dia ainda é fácil encontrar lojas onde a limpeza não é prioridade, especialmente em supermercados. Esses estabelecimentos possuem diversos ambientes e cada um exige cuidados específicos em relação à higienização. Mesmo nas pequenas lojas o ideal é manter tudo muito limpo a fim de manter a organização do local.

Cuidados

Carrinhos e cestos: consegue imaginar quantas pessoas utilizam semanalmente cada um dos carrinhos e cestos de compras? Eles costumam ser as principais fontes de contaminação em uma loja, por estarem repletos de germes. Os estabelecimentos precisam criar uma estratégia de higienização frequente dos carrinhos e cestos, delegando responsáveis e periodicidade. Em São Paulo capital está em tramitação um projeto de lei que visa tornar obrigatório aos supermercados a limpeza quinzenal desses itens.

Produtos perecíveis: aqui a limpeza deve ser realizada pelo menos três vezes ao dia, o que pode aumentar conforme o risco de contaminação. São considerados como setor de perecíveis o açougue, a peixaria e a área de hortifrúti. A higiene não tem relação apenas com o ambiente, mas também com o manuseio dos produtos. Os colaboradores precisam prezar por uma correta higienização das mãos, pulsos, unhas e cotovelos, no momento de manipular alimentos. No caso das carnes e frios, as tábuas de corte precisam ser limpas a cada uso.

Área externa e interna: inicialmente, o cartão de visita de uma loja é a visão que os potenciais clientes têm ao avistá-la de fora. É preciso ter cuidado com a limpeza de ambas as áreas. Internamente, devido à grande movimentação de pessoas ao longo do dia, os pisos precisam ser higienizados diariamente, ao final do expediente. Sem a correta e frequente limpeza dos pisos e vidros pode ocorrer contaminação cruzada da sujeira do ambiente para os alimentos, pois as bactérias e germes conseguem passar de um local para outro.

Acesse o site da Barion e confira diversas outras orientações que podem ajudar a potencializar as vendas do seu estabelecimento http://www.saborbarion.com.br/.


Pesquisar


Posts recentes


Curta nossa página


  • Tags

  • Tags


  • RSS