O consumo de biscoito cresce no Brasil

08/04/2016

Independente do cenário negativo da economia, o segmento de biscoitos cresce no país. Mesmo com a crise, as pessoas tendem a saborear e conhecer sabores e marcas diferentes, ou seja, optam por experimentar um produto novo, porém, sem fugir do tradicional.

De acordo com a Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias, Pães e Bolos Industrializados), o mercado de biscoito cresceu como um todo em 2015, em torno de 5% e, além disso, o segmento de cookie e dos biscoitos recheados cresceram acima deste índice. Isso reflete a projeção positiva esperada para o setor neste ano também.

As crianças comem biscoitos simples na hora do lanche, no intervalo entre as principais refeições. Esse hábito vai se intensificando com o passar do tempo e elas passam a experimentar outras novidades, como as bolachas recheadas. Nos piqueniques é uma guloseima que está sempre presente.

Os biscoitos recheados e os cookies são saborosos e proporcionam prazer ao público, sendo uma das guloseimas favoritas e preferidas da maioria das pessoas. Por isso, mesmo com o orçamento limitado, o consumo continua crescendo de forma positiva.

São as pequenas indulgências diárias que impulsionam e tendem a estabilizar a venda desses produtos. Nas situações estressantes é comum as pessoas se sentirem mais confortáveis ao consumir um doce e os biscoitos são os eleitos. Independente do preço, quem manda é o prazer de saborear e sentir-se bem.

Também a recompensa é um fator que incide na aquisição, após o almoço ou jantar e, até mesmo, nos momentos em que a fome aparece. Dessa forma é comum ter sempre um pacote de biscoitos na bolsa ou no armário e, quando não tem, correr comprar o produto.

As empresas procuram diversificar as linhas de produção, e, assim, encontrar alternativas criativas para atender ao mercado e ao consumo. A tendência é de que o mercado continue em expansão e que, neste ano, se torne cada vez mais lucrativo, mesmo com o contexto econômico atual. 

Mais informações no site da Barion: www.saborbarion.com.br


Pesquisar


Posts recentes


Curta nossa página


  • Tags

  • Tags


  • RSS