Exportação de chocolate é uma ótima opção para a crise

27/07/2016

O momento de crise é uma oportunidade que pode ajudar ainda mais na exportação de chocolates.

Que a crise econômica chegou ao Brasil, não há como negar! Mas, o fato de servir de motivação para que os empresários brasileiros ponham sua criatividade em prática é do que vamos tratar. O investimento na inserção dos produtos nacionais no rol das redes de varejo internacionais tem retorno garantido e é uma saída em potencial para a crise. Os pontos positivos de se optar pela exportação de chocolates durante a crise financeira são os seguintes:

1 – A exportação de chocolates não somente lança a qualidade do produto nacional no mercado externo, mas o coloca lado a lado aos chocolates mais apreciados em todo o mundo;

2 – O Brasil é conhecido por sua capacidade criativa e adaptativa nos períodos críticos e, nessa recessão econômica não é diferente. As empresas nacionais de chocolate são amplamente qualificadas para adequarem seus produtos ao gosto e às especificidades do mercado consumidor externo. Primando sempre por um cacau de alta categoria, a produção nacional é sucesso entre os estrangeiros; ingredientes e sabores inovadores marcam a exclusividade do chocolate brasileiro: manteiga de cacau, baunilha natural, castanha-do-pará e de caju e açaí na composição dos doces que são exportados;

3 – O fruto cacau é a matéria-prima mais proeminente na composição dos chocolates, é tipicamente brasileiro, tropical. Dele saem as amêndoas, o cacau em pó e sua manteiga, além de sucos, refrescos e geleias. Lançar mão dessa riqueza nacional em favor de sua exportação é uma solução certeira para a crise interna;

4 – A disposição das empresas em fabricar e exportar chocolates sem a adição de aromatizantes, corantes ou conservantes artificiais que diferenciam seu produto dos demais não requer um investimento significativo em todo o processo, se comparado à garantia de seu retorno; uma vez que o uso da matéria-prima mais natural é o seu diferencial local;

5 – Se essa crise financeira nacional vem diminuindo o poder de compra de chocolates domésticos no mercado interno, o investimento na exportação é um meio de se recuperar do prejuízo;

6 – As empresas voltadas para o chocolate geram empregos diretos e indiretos em quantidades significativas na economia nacional. A exportação dos chocolates não é apenas um meio de trazer a qualidade do doce nacional e fazer com que ele caia no gosto internacional, ou é de lucro exclusivo das empresas que nele investem, mas, é um jeito de fazer a economia girar e de se reerguer mediante a gravidade da crise.

É uma boa notícia para as indústrias nacionais e seus produtos, especialmente os chocolates, pois é o momento oportuno para a exportação.

Essas e outras dicas estão no site da Barion. Entre e saiba mais: www.saborbarion.com.br


Pesquisar


Posts recentes


Curta nossa página


  • Tags

  • Tags


  • RSS