Confeitarias e panificadoras: inovar é preciso

04/03/2016

confeitarias-e-panificadoras-inovar-e-preciso

Independente da crise econômica é fundamental manter o foco na melhoria dos processos e na qualidade dos produtos. Diante do desafio que o país atravessa, é necessário inovar nos produtos, manter os clientes e tentar conquistar um espaço dentro de um setor competitivo, como, por exemplo, os das panificadoras e confeitarias.

O Brasil já passou por várias crises políticas e históricas desde a sua independência, por isso, o período atual deve ser encarado como uma oportunidade de mudança. Os gestores devem se esforçar para encontrar soluções criativas e descobrir uma identidade própria em seus produtos, utilizando matéria-prima de qualidade, com o intuito de conquistar os consumidores.

Neste sentido, as panificadoras e confeitarias podem inovar em suas receitas criando um bolo diferente, fazendo uma torta com um sabor novo ou, até mesmo, refazendo uma receita antiga não utilizada há tempos, além de expandir a linha de produção, ou seja, conquistar os clientes pelo paladar.

Em muitas confeitarias, por exemplo, as receitas de pães, bolos ou tortas, são passadas de geração em geração e se tornam clássicas entre os clientes, que se mantêm fiéis. Desta forma, os produtos representam a identidade do estabelecimento e, além de tradicionais, ficam famosos entre os consumidores.

O espaço do local também pode atrair ou captar novos clientes. Dependendo do tamanho, a empresa pode investir em um espaço que reflete a sua personalidade, a fim de garantir um atrativo maior. Por exemplo, há confeitarias que alugam o seu espaço para a realização de eventos como almoço, casamento ou corporativos. Mesmo não sendo de grande porte, é possível alugar para pequenas comemorações.

Muitos estabelecimentos do ramo também tendem a expandir seu comércio. Começam com pequenas produções e depois, aos poucos, vão englobando outros itens, como lanchonete ou restaurante, por exemplo. Assim, oferecem almoço ou jantar, além de lanches rápidos para quem quer apenas tomar um café.

Desta maneira, é preciso investir na busca de alternativas, para enfrentar a crise e conquistar o público. É fundamental manter a qualidade, o preço competitivo do setor e tentar encontrar uma identidade que mostre a real importância do estabelecimento e o porquê ele deve ser reconhecido pelo consumidor.


Pesquisar


Posts recentes


Curta nossa página


  • Tags

  • Tags


  • RSS