Novas normas para o setor de panificação

A Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos (Abiepan), juntamente com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), lançaram no final de junho, pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), duas novas normas técnicas que buscam garantir o desempenho mais eficiente e seguro das máquinas e dos equipamentos, no que tange o setor de panificação.

O lançamento dessas foi durante um workshop do setor, em São Paulo, que com a parceria das associações, realizou ações voltadas para divulgar as mesmas e, ainda, disseminar a competitividade no ramo. As ABNT NBR 15735 e 15853 têm adesão voluntária e são extremamente recomendadas por se tratarem das normas responsáveis pelo estabelecimento de requisitos mais seguros e de qualidade. Elas têm forte aplicação na melhoria e adequação em relação à higiene de utensílios usados por panificadoras. É o caso, por exemplo, das modeladoras para massas de pães e, ainda, das batedeiras planetárias, que se referem àquelas com uma capacidade superior a cinco litros e menor que quinhentos litros.

Prentede-se lançar, até o ano de 2017, doze normas técnicas para panificadoras. As associações buscam, por meio dessas, objetivar o engajamento das empresas na melhoraria da produtividade com muito mais qualidade. Portanto, quem ficou interessado e quer saber mais sobre as especificações dessas regras, pode acessá-las gratuitamente aqui http://www.abntcatalogo.com.br/sebrae/.

Com isso, percebe-se que um dos atributos mais importantes para diferenciação em uma padaria ou confeitaria tem sido referente à qualidade dos produtos comercializados no ponto de venda, sempre levando em conta as medidas em vigor. Nesse sentido, a Barion www.saborbarion.com.br, uma marca de confiança e com uma completa linha em wafer, biscoitos e chocolates, tem se destacado por primar pelo sabor e inovação em seu catálogo de produtos.

Com um sabor delicioso, a empresa oferece o melhor no setor, destacando ainda que as normas de higiene da empresa atendem um rígido controle de qualidade da matéria prima e do processo de fabricação de seus produtos. Sendo assim, ela fiscaliza os mesmos até a chegada dos itens às prateleiras, com programas voltados às boas práticas de fabricação. Com isso, a marca visa garantir, portanto, a conformidade do seu biscoito, wafer ou chocolate, com a certeza de muito mais sabor e com a mesma tradição de sempre, tornando-se um ítem indispensável em qualquer estabelecimento