5 dicas para gerenciamento de estoque

Gerenciar o estoque é um procedimento essencial e básico, seja para a micro, pequena, média ou grande empresa. Embora pareça simples, nem sempre a devida atenção é dada a esse procedimento. É aí que surgem situações clássicas, como achar que não há no estoque determinado produto e o mesmo foi vendido há tempos. Cenários como esse podem refletir em grandes prejuízos financeiros e problemas na operação logística da empresa. Com esses exemplos é possível perceber a necessidade de ter uma gestão de estoque eficiente, certo?

Se você está tendo dificuldades com esse processo ou está disposto a aprimorar ainda mais o controle de estoque, a Barion separou cinco dicas que podem auxiliar. Acompanhe:

1) Registre 100% das movimentações: tenha um controle total do que entra ou sai do estabelecimento, sejam mercadorias ou insumos. Independente de ser um sistema automático ou manual é preciso criar um cadastro para cada item, atualizando o status sempre que ocorrer alguma mudança e adicionando informações complementares (data de compra e de venda, preço comercializado, etc.). Mobilize a equipe para entender como funciona o sistema e sobre a importância do controle correto.

2) Faça um mapeamento: tendo um registro rigoroso das movimentações é possível controlar informações sobre as vendas do seu negócio, saber precisamente quais são os produtos com maior e menor saída, identificando a frequência com que cada item precisa ser reposto. Esse controle pode facilitar a relação da área de marketing com a de vendas para realizar, por exemplo, promoções envolvendo algum item há muito tempo parado ou para investir em produtos que tenham tido maior demanda.

3) Organize o estoque: de nada adianta ter um sistema de controle eficaz se, ao procurar uma mercadoria fica difícil encontrá-la. A organização do espaço físico deixa os processos mais ágeis e propicia avaliar com precisão o espaço necessário para armazenar os produtos.

4) Controle a reposição de estoque: tenha um calendário com datas definidas para a compra de cada produto. Inclusive, existem sistemas específicos que controlam o estoque e dão sinais de alerta quando for necessário fazer a reposição de estoque.

5) Cuidado com os perecíveis: ao programar novas compras com os fornecedores avalie o que ainda há de produto perecível no estoque. Fique atento também para realizar ofertas semanais antes da data de vencimento e, consequentemente, evitar prejuízos financeiros.

Percebeu o quanto o gerenciamento do estoque é essencial para o comércio? Essas e diversas outras dicas estratégicas estão disponíveis no site da Barion http://www.saborbarion.com.br/.